Publicidade

Ambientação

‘Up’ de Sofisticação e Praticidade

19/02/2020 às 10:27 / Fonte Fotos: Divulgação / Por Alex Lacerda

‘Up’ de Sofisticação e Praticidade
Elevadores residenciais são um novo elemento de sofisticação e oferecem conforto para pessoas com necessidades especiais


Até bem pouco tempo atrás, ter um elevador em casa era um sinônimo de luxo. Com os avanços tecnológicos e novos equipamentos, ter um elevador residencial passou a ser uma realidade possível. Além de serem um significativo elemento de valorização do patrimônio, os elevadores residenciais têm se tornado, cada vez mais, uma conveniência indispensável para as pessoas com necessidade de mais acessibilidade e conforto em sua casa.

O especialista em gerenciamento de obras e tecnologia da construção, Ricardo Vidal, afirma que, com a proliferação dos condomínios horizontais, cada vez mais pessoas trocam os edifícios multifamiliares por esta modalidade de moradia em busca de segurança e de maior qualidade de vida.

“Ao contrário das antigas casas, hoje elas têm sido planejadas repletas de muita tecnologia, com novos dispositivos de segurança e automação. Da mesma forma, os elevadores têm sido cada vez mais solicitados pelos clientes, principalmente em casas com mais de dois níveis”, afirma Ricardo, que tem larga experiência no projeto de residências e instalação de elevadores.

Segundo ele, a maior vantagem que o equipamento traz é a facilidade de acesso aos diferentes níveis por pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, a exemplo de gestantes e idosos. “Há alguns anos, um programa padrão de residências sempre trazia, por exemplo, uma suíte no térreo para suprimir a demanda dessas pessoas. Hoje, graças ao uso do elevador, já nos deparamos com programas sem essa suíte, o que pode liberar mais espaço para área de lazer ou ao setor social, por exemplo”, explica.

Outra grande vantagem do avanço tecnológico atual na área é que se tornou possível adaptar casas já construídas para a instalação de elevador. O arquiteto passou a ter mais subsídios para avaliar as instalações, estrutura, fluxos e funcionamento da edificação possa definir o local e modelo apropriados.

Atualmente existem vários tipos de elevadores, como também várias faixas de preço, desde os comuns, que utilizam contrapesos, aos hidráulicos e pneumáticos. O que pode variar bastante o valor são os materiais de acabamento da cabine, que pode ser mais simples, ou mesmo panorâmica.

“Temos visto um crescimento nos projetos residenciais com o uso de elevadores. Penso que este equipamento será cada vez mais comum nesta tipologia, tanto pela conveniência, como pelas facilidades de aquisição e instalação junto aos fabricantes”, ressaltou Ricardo, sócio do escritório Dome Arquitetura, de João Pessoa e Campina Grande.

O uso de elevadores hidráulicos tem sido o mais comum nos projetos residenciais por sua confiabilidade e pela possibilidade de dispensar a necessidade de uma casa de máquinas sobre o seu poço. Mais uma praticidade que ajuda a criar, por tabela, mais praticidade dentro de casa.

• • •

Projetos: Ricardo Vidal e Grace Galvão